Sintonia Online

Rio do Sul – Colégio Dom Bosco – 21/06/06 – Projeto: Extração de Corantes

Rio do Sul – Colégio Dom Bosco – 21/06/06 – Projeto: Extração de Corantes

     Como a temática do capítulo estudado era trabalhar com a questão dos usos e abusos em relação a água e um dos experimentos sugeridos era a extração de corantes resolvemos dedicar um tempo maior a este trabalho que envolveu muito os alunos. A cada passo tomado no projeto era visível o envolvimento. Tínhamos alguns objetivos traçados como:
      EXTRAÇÃO DE CORANTES Vegetais e Tingimentos de Tecidos.
     Em equipe cada equipe trouxe alguns vegetais onde maceraram e extraíram os corantes, em seguida ferveram os corantes com as amostras de tecidos, as quais foram dadas pela professora. Por cerca de 10 min. Cada equipe fez os registros necessários.
     PERCEBER SE O CORANTE FIXOU NA AMOSTRA.
     Retiraram a amostra de tecido do corante obtido e lavaram a amostra em água corrente, processo que fez os alunos perceberem o gasto exagerado de água pelas indústrias e como a água servida fica no final do processo. Colocamos para secar os tecidos corados junto a cada corante.
    – VISITA A INDÚSTRIA DE JEANS
- com o intuito de contextualizar nossos estudos fomos a uma fábrica de confecção de jeans. Acompanhamos cada etapa, desde o corte até a secagem da peça pronta. Os alunos questionaram o anfitrião com perguntas como:
- quais eram as fases de tingimento
- quais as técnicas para separar os corantes da água
- influência da temperatura para o tecido
- quais os controles de qualidade
- observaram e discutiram as informações na etiqueta das peças confeccionadas
- quais os produtos químicos utilizados pela indústria
- qual o consumo de água dia e mês
- qual era o destino das águas servidas
- técnicas utilizadas para a recuperação da água servida
Retornaram ao colégio e em equipe analisaram os questionamentos feitos e fizeram um relatório das discussões.
- TESTE DE QUALIDADE
- Neste momento nossa curiosidade era saber se o corante extraído resistia a descoloração. Assim para cada amostra utilizamos 9 maneiras diferentes.
Com o auxilio de matérias do laboratório e já familiarizando os alunos com as vidrarias, cada equipe pegou 9 tubos de ensaio e colocou dentro de cada um,uma substancia diferente ou com temperaturas diferentes.
- tubo 01 vinagre
- tubo 02 solução de bicabornato de sódio
- tubo 03 água quente
- tubo 04 pedacinhos de sabonete e água quente
- tubo 05 pedacinhos de sabão e água quente
- tubo 06 água fria
- tubo 07 pedacinhos de sabonete e água fria
- tubo 08 sabão e água fria
- tubo 09 água e detergente
Colocaram tiras dos tecidos corados dentro de cada tubo e em diferentes intervalos de tempo registraram as observações.

CONFECÇÃO DAS ROUPAS
- Após constatarem quais produtos alteraram a cor das amostras criaram uma peça de roupa masculina e feminina para seus bonecos, onde cada grupo elaborou uma etiqueta com as informações obtidas durante os experimentos a respeito dos corantes.

 DESFILE
Para fechar com chave de ouro realizaram um desfile de moda com as roupas confeccionadas.
Lembrando que cada etapa dos experimentos realizados os alunos registravam as informações em relatório.
Mais uma vez ficou claro a importância da contextualização nas nossas aulas. O resultado? Muito envolvimento e compreensão do tema abordado.

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>