Sintonia Online

Rio do Sul – Colégio Dom Bosco – 19/11/08 – 1º fórum: Colégio Dom Bosco: Questões Sociais, desafios para o Município de Rio do Sul

Rio do Sul – Colégio Dom Bosco – 19/11/08 – 1º fórum: Colégio Dom Bosco: Questões Sociais, desafios para o Município de Rio do Sul

       Materializou-se um sonho idealizado no início deste ano letivo por alunos e educadores do Colégio Dom Bosco de Rio do Sul. Com o objetivo de oportunizar vivências cooperativas para que as pessoas optem por valores e ações que promovam a vida, o Colégio Dom Bosco realizou este ano o projeto: “Pacato Cidadão Acorde para o jogo cooperativo da vida”. 
     Concretizando o projeto, os alunos do ensino médio se mobilizaram juntamente com os vereadores eleitos, os representantes das associações de bairros, sociedade civil, órgãos públicos e demais entidades da sociedade no 1º Fórum Dom Bosco de Desafios Sociais para o município de Rio do Sul. O fórum teve como meta a construção de uma carta de compromisso entre os presentes a partir da abordagem de dez temas considerados desafios globais e locais: meio ambiente, segurança, moradia, educação, emprego, saúde publica, desigualdade social, incentivo agrícola, direitos da mulher e direitos da criança.
     A carta contempla propostas de ações para melhorar as questões abordadas. A implantação das propostas deverão ser acompanhada pelos alunos e educadores do Colégio Dom Bosco no decorrer dos próximos anos. Os presentes firmaram compromisso com atitudes cooperativas. Solidariedade e responsabilidade para fazer acontecer. No final do evento a carta de compromisso foi assinada por todos. 
 

Carta Compromisso

Rio do Sul, 19 de novembro de 2008. 

     A cidadania expressa um conjunto de direitos que dá a pessoa a possibilidade de participar ativamente da vida e do governo de seu povo.
     Tratar das questões sociais de Rio do Sul, é priorizar o que existe de mais relevante para seus habitantes. Reunidos no 1º fórum, estudante e lideranças políticas e comunitárias firmam um compromisso em benefício da comunidade Riossulense. Luta-se assim pela educação de qualidade, por uma saúde acessível, pelo trabalho, pela renda digna e principalmente que sejam garantidos e respeitados todos os direitos a homens e mulheres sem qualquer discriminação ou exceção. 
     A carta aqui apresentada tem como meta garantir atitudes que PROMOVAM A VIDA. Através da analise de temas considerados desafios globais e locais:

1.    MEIO AMBIENTE – INCENTIVO AGRÍCOLA 

Através da discussão dos representantes do grupo concluímos que as propostas são:
·         Criar um incentivo econômico com acessória técnica na produção orgânica.
·         Recuperação de APP’s e reserva legal.
·         Educação do campo -> Cooperativa
·         Iniciativa e incentivo dos produtores para sua própria venda na cidade em um local permanente.
·         Campanha de consumo a produtos desta região estendido em escolas.
·         Fazer a multiplicação do fórum, de escolas particulares (Dom Bosco ) para as públicas e privadas.
·         Incentivo do projeto para a criação de cisternas para captação da água da chuva.
·         Reciclagem do lixo nos bairros. Propondo a parceria com os agentes de saúde para prevenir a poluição.

2.    SEGURANÇA 

·         Ano de 2009 há projeto do aumento do efetivo da guarda municipal para o período noturno.
·         Formação de um novo grupo de 60 alunos de novo policiamento que atuará em todo o alto vale.
·         Projeto de implantação de câmeras móveis em locais estratégicos do município
·         Reduzir a criminalidade e ensinar um novo emprego aos presidiários construindo uma cadeia agrícola na serra canoas.

3.    MORADIA 

·         Elaboração  plano local de habitação de interesse social;
·         Alimentar  programa cadastramento único, quanto informações abitacionais;
·         Possibilidade  criação de lei  incentivando a moradia social, através de redução de tributos;
·         Lei  regulamentando a posse das moradias sociais;
·         Revitalização  dos Condomínios existentes.

4.    EDUCAÇÃO 

·         Municipalização do ensino fundamental da rede publica estadual e municipal no município de Rio do sul, para melhor utilização dos recursos aplicados na educação; respeitando principalmente o zoneamento.
·         Transporte escolar para os alunos que residem até 3 km de distancia da escola; isto é para a escola mais próxima da sua residência.
·         Abertura de mais vagas na educação infantil.
·         Introduzir na rede estadual a merenda escolar para os alunos do ensino médio noturno.
·         Criação de um programa de profissionalização pós-ensino médio.
·         Campanha de incentivo de cotas de bolsas de estudos nos colégios particulares para alunos da rede publica (estadual ou municipal); aluno destaque: estudo, cultura ou desporto.

5.    EMPREGO 

·         Nossa proposta é a qualificação e a requalificação do meio do trabalho, pois há um grande déficit no mesmo.
·         A modernização trouxe consigo vários benefícios, mas ao mesmo tempo trouxe desemprego, pois segundo pesquisas realizadas uma maquina pode fazer o que necessitaria dez homens para a conclusão do serviço. Modernizaram-se as maquinas, mas não as relações humanistas.
·         Rio do Sul, já vem criando uma proposta de solução para o desemprego, a criação da escola modelo, o CENUP (Centro de Educação Profissional) profissionalizará o jovem para o mercado de trabalho amenizando o problema da desqualificação, pois como abordado é um dos maiores problemas do desemprego.

6.    SAÚDE PÚBLICA 

·         Criar uma parceria entre SMS e HRAV para realizar uma pesquisa de identificação dos usuários do pronto socorro, o objetivo dessa pesquisa é relacionar os principais problemas que causam a demora no atendimento.
·         Ela está sendo realizada desde o dia 3 de Novembro até o dia 1 de Dezembro.
·         Os dados já apontam que o hospital regional atende Rio do Sul e mais 27 cidades do alto vale como referencia em todas as especialidades e também o planalto sul como referencia na cardiologia.
·         Um dos principais motivos que já foi observado na pesquisa é que os usuários procuram o hospital, pois acreditam que o atendimento é mais rápido e completo (exames).
·         Para tentar solucionar o problema da demora do atendimento será feita uma análise completa dos dados que culminará numa forte divulgação sobre o que é atenção básica: atendimento na unidade básica de saúde, e urgência e emergência: pronto socorro; seguindo o movimento que já ocorre em outras cidades catarinenses.
·         A estratégia saúde da família ‘’ESF’’ atende aproximadamente 92% do município de rio do sul, objetivando o atendimento rápido para diminuição das filas nos bairros e oferecendo uma equipe de saúde especializada em saúde da família para maioria da população rio-sulense.
 

7.    DESIGUALDADE SOCIAL 

·         Seminário anual com todas as entidades governamentais e não-governamentais para conhecimento de projetos e programas já existentes em Rio do Sul com o objetivo do trabalho em rede. Que este compromisso seja assumido pelo COMAS conforme pontuação na última Conferência de Assistência Social Do Município.
·         Mesa redonda com todos os envolvidos do município (secretários municipais, técnicos e representantes de ONG’s para discussão e encaminhamentos de acordo com suas demandas para planos de ação e recursos municipais (previsões orçamentárias e planejamentos).

8.    DIREITOS DA MULHER 

·         Divulgação do assunto através da mídia com campanhas, trabalhos, buscando uma visão melhor e mais esclarecida sobre o tema abordado;
·         Cobrança dos órgãos públicos por melhorias que contribuiriam para a redução da violência contra a mulher;
·         Atentar ao poder público, necessidades sobre esse tema: grupos de apoio, atendimento de saúde (psicológico e físico), casa de abrigo a mulheres vítimas de violência.
·         Buscar soluções para modificar a cultura “machista” ainda existente na sociedade e melhorar a auto-estima da mulher como figura feminina na sociedade. 

9.    DIREITOS DA CRIANÇA 

·         Criação de uma área para o lazer das crianças, espaços poliesportivos(quadras de vôlei, campos de futebol, bocha, entre outros jogos.)
·         Campeonatos nesses locais envolvendo jovens e família (campeonato de futebol, tênis de mesa, etc.)
·         Abrir os colégios nos finais de semana para os jovens terem local para brincar, se divertir.
·         Centralizar um espaço(arena) onde todos os bairros pudessem participar, com sala de jogos, canchas de bocha. 
     A implantação das propostas aqui apresentadas é de compromisso de todos os presentes. Nossa sociedade só será mais justa e digna, se ao concluirmos esta carta de compromisso, todos garantirem sua execução e fiscalização e possam afirmar: “Fizemos parte desta história, nós estávamos presente.”

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>