Sintonia Online

Ascurra – Colégio São Paulo – 24/02/10 – Como percebemos o ambiente?

Ascurra – Colégio São Paulo – 24/02/10 – Como percebemos o ambiente?

     É brincadeira muito antiga, citada já em documentos da Idade Média e Renascimento. Com ela as crianças foram capazes de perceber a importância da visão e da audição para a espécie humana; de relacionar a capacidade de ver e escutar com a presença de nosso senso de equilíbrio e, principalmente, com a nossa capacidade de orientação espacial. Os alunos ainda puderam relacionar a visão com a presença no ambiente de um estímulo (uma forma de energia), a luz, e relacionar a audição com a presença de outro estímulo, o som.
     Outra brincadeira proposta foi à brincadeira “guia de cego”. As crianças puderam se divertir de olhos vendados ou sendo guias. Ao final, elas apontaram as dificuldades enfrentadas pela cabra-cega e pelo cego nas duas brincadeiras quando foram privadas da visão, como por exemplo, dificuldade em se locomover, de se equilibrar, de avaliar o espaço existente, a distância, entre outras. Tudo teve início dentro da sala de aula com a professora Carla, e depois concretizada na prática com a professora de educação física, Rosiele, que também participou da experiência.

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>