Sintonia Online

Porto Alegre – Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre – 15/10/10 – Encontro do P. Natale Vitali com a Comunidade Educativa

Porto Alegre – Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre – 15/10/10 –  Encontro do P. Natale Vitali com a Comunidade Educativa

     P. Natale iniciou a sua fala dizendo que trazia saudações do Reitor-Mor, P. Pascual Chávez Villanueva. Disse que no mês de agosto do próximo ano haverá o primeiro encontro de todas as Instituições Salesianas de Educação Superior do Brasil.
     Conversando com os presentes destacou três pontos importantes:
1) Identidade da Educação Salesiana: “muitas vezes, refletimos, pensamos que a educação é saber, conhecimento, mas a faculdade é lugar de cultura. Representa a cultura do Brasil, desta cidade. Muitas universidades têm como missão a profissionalização, mas, antes disso, precisamos educar o cidadão, educar o homem e a mulher. Falar da Identidade da Faculdade é falar da Identidade Salesiana, da Missão Salesiana. Dom Bosco era um homem muito equilibrado. Então, como fazer um equilíbrio com o mercado? A formação não termina com a formatura, com o diploma. Antigamente, as pessoas se formavam e permaneciam na mesma função a vida inteira, hoje, mudam duas, três vezes…”.
2) Faculdade Católica e, também, Salesiana: “como fazer para evangelizar mesmo sabendo das diferenças? A liberdade é um dos valores da faculdade. Educar para a abertura da dimensão ética e religiosa. Isso tem relação com um dos elementos do Sistema Preventivo de Dom Bosco”.
3) Privilegiar o testemunho da fé: “uma Faculdade Salesiana não pode ter apenas o Diretor Salesiano, o corpo docente também deve ter critérios salesianos. A Faculdade deve ser um laboratório cultural alternativo, porque é uma Faculdade Cristã, Salesiana. Dom Bosco falava muito da presença, então, a Internet até pode ter o conteúdo da aula, mas não tem o saber, não tem a explicação, não tem a relação humana do professor com o aluno. A nossa contribuição é gerar cultura alternativa para o jovem atual”.
Ao final da explanação, o Diretor, P. Marcos Sandrini pediu para um Professor de cada curso expressar o seu sentimento de trabalhar nesta Instituição Salesiana. Após, P. Natale recebeu alguns presentes, recordações entregues por Professores e Funcionários da Faculdade.

Governo Salesiano

    Instado pelos presentes, P. Natale apresentou um pouco de sua missão como Conselheiro Geral da Congregação. O governo da Congregação possui 15 Conselheiros, que fazem a ponte entre a obra e o Reitor-Mor. Esse cargo é ocupado pelo P. Pascual Chávez Villanueva, desde 2002. A Congregação está dividida em oito regiões (duas na América, uma na África, duas na Ásia e três na Europa) e cada uma delas está sob a responsabilidade de um conselheiro. A presença salesiana no mundo é de 16,5 mil salesianos, presentes em 132 países e cinco continentes, com 92 Províncias.

Trabalho como Conselheiro

“Cada semestre fazemos uma visita à Inspetoria. O nosso trabalho é falar com cada um dos salesianos e os leigos que trabalham para os salesianos. Quando termino a visita, deixo um relatório dos dias visitados para a comunidade, contendo a história da comunidade e os desafios para os próximos seis anos. Depois faço um relatório com três recomendações, três diretrizes para os próximos seis anos, para toda a Inspetoria e, também, entrego uma cópia ao Reitor-Mor. O primeiro trabalho é avaliar as diretrizes dos seis anos passados. O principal objetivo da minha visita é animar a vida salesiana”, explicou P. Natale Vitali.

Sobre o P. Natale Vitali

     P. Natale é italiano, mas fez toda a sua formação salesiana bem como sua atuação como salesiano no Chile. É Bacharel em Teologia e Licenciado em Educação. Ele é Conselheiro Regional para a América, responsável por 11 Inspetorias, presentes no Brasil, Uruguai, Paraguai, Chile e Argentina.
A sua mãe vive em Roma, o pai faleceu em 2002. Ele tem quatro irmãos, todos casados: duas irmãs que moram na Itália, um irmão na Suíça e outro na Alemanha.
     Ele descobriu o trabalho salesiano e o Sistema Preventivo num Oratório Salesiano na Alemanha e se encantou com o trabalho realizado com os jovens. Contou que tudo começou com o pedido de uma colega de faculdade para dar uma aula de basquete aos jovens do Oratório. Depois de algum tempo aceitou e não parou mais. “Vejo que o Sistema Preventivo de Dom Bosco, referente aos seus princípios, é um sistema atual para a sociedade e para o jovem. Temos que atualizar o sistema para o jovem de hoje. É preciso enculturar-se no contexto”.

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>