Sintonia Online

Itajaí – Parque Dom Bosco – 03/12/10 – Ilha de Porto Belo recebe tenistas mirins

Itajaí – Parque Dom Bosco – 03/12/10 – Ilha de Porto Belo recebe tenistas mirins

     Ao chegarem à Ilha depois do translado nos barcos monomotores os pequenos foram divididos em dois grupos. Enquanto os primeiros enfrentavam a trilha na mata, os demais visitaram o museu e tiveram lições sobre Biologia Marinha com profissionais do Projeto Vivência Ambiental. No período da tarde os roteiros se inverteram, e assim, os alunos conheceram os principais pontos do paraíso natural catarinense. 
     O profissional de turismo, Tiago Queiroz, que trabalha na Ilha há quatro anos, foi quem levou os pequenos à aventura na mata. "Acho importante as crianças colocarem em prática a teoria de sala de aula. Dessa forma elas realmente entendem a importância da preservação do meio ambiente", afirma.
 
     Tiago conta que as marcas rupestres deixadas a cerca de dois mil anos pelos nativos é conhecida como sambaquis, que em tupi-guarani significa amontoado de conchas. Para ele, isso reflete o modo de vida local que está atrelado a pesca de peixes e demais espécies aquáticas. Além disso, entre uma árvore e outra, vestígios em tom vermelho foram identificados. O guia explica que se trata do Líquen Vermelho, que indica a pureza do ar, fruto da preservação e reflorestamento da região.
 
     Enquanto isso, os tenistas mirins conferiram imagens sobre alguns espécimes no acervo local. A Bióloga Gabriela Pozza salienta a importância do contato entre as crianças, a vegetação e a praia. "Isso é o início é uma sementinha que a gente planta em cada criança para que mais pra frente, elas desenvolvam consciência ecológica", declara a bióloga.
 
     O Projeto Tênis Comunitário que foi desenvolvido em 2010 no Parque em parceria com a Unimed Litoral e a Fundação Municipal de Esporte e Lazer através da Lei de Incentivo ao Esporte contou com dois educadores que estiveram presentes no passeio, Everton de Brito, o Tom e Osvaldo Cipriano, o Badeco. "O que essas crianças precisam e merecem é de oportunidade e o esporte é fundamental para isso", enfatiza Badeco.
 
    O aluno Guilherme Cardoso, de 13 anos, diz que o tênis exige preparo físico. "Na primeira vez que joguei no outro dia não agüentava de dor na coluna, mas a vontade de jogar falou mais alto", comenta Guilherme.
 
     Simone Ambrózio, da Responsabilidade Social da Unimed, afirma que o compromisso da cooperativa com o esporte visa melhorar a auto-estima das crianças com o complemento educativo e social. "A Unimed Litoral acredita muito num projeto como esse por tudo de produtivo que ele traz na questão sócio-educativa, ambiental, ecológica, e pela oportunidade das crianças saírem das suas casas para poderem desfrutar de um dia como esse", afirma.
 
Conheça a ilha: www.ilhadeportobelo.com.br

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>