Sintonia Online

Porto Alegre – Colégio Salesiano Dom Bosco – 18/02/11 – Colégio sedia mais um ano o Encontro das Escolas Católicas da Zona Norte – Eixo Assis Brasil

Porto Alegre – Colégio Salesiano Dom Bosco – 18/02/11 – Colégio sedia mais um ano o Encontro das Escolas Católicas da Zona Norte – Eixo Assis Brasil

     O Diretor do Colégio, P. Lino Fistarol, proferiu algumas palavras de acolhida e reflexão do encontro. O Arcebispo Dom Dadeus voltou a falar aos presentes sobre o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, “Fraternidade e a vida no planeta”: “a natureza é muito rica, não basta a gente pensar o dia, temos que fazer planos para o ano. E neste ano a Campanha da Fraternidade nos coloca um tema planetário, para olharmos um pouco o mundo”. Ele, também, citou o descaso com o Arroio Dilúvio, da quantidade e tipos de lixo encontrados nele. Disse que isso não é apenas culpa do governo, mas da educação de cada cidadão. “Precisamos cuidar da natureza como se ela fosse um grande jardim. O que nós fazemos da natureza? Aí entra a educação. A escola é lugar de socialização, não basta apenas administrar disciplinas, mas construir um ambiente onde nos sentimos acolhidos e felizes. Um clima de amor é um clima de fé”, finalizou.
     Após a realização da palestra, proferida pelo Prof. Dr. P. José Roque Junges, que abordou o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, sob o aspecto da Bioética, aconteceram, simultaneamente, três oficinas, onde os Educadores foram divididos por área de trabalho onde atuam: Séries iniciais do Ensino Fundamental I, Séries Finais do Ensino Fundamental II e Ensino Médio.
O Diretor Pedagógico do Instituto de Educação São Francisco, Prof. Vitor Luiz Hinrichsen, que é o coordenador do encontro, foi o mestre de cerimônia do evento.

Palestra sobre a temática da Campanha da Fraternidade de 2011

     A palestra foi ministrada pelo Prof. Dr. P. José Roque Junges. O P. Junges é graduado em Filosofia, especialista em História, com mestrado e doutorado em Teologia. Atualmente, trabalha na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) como professor de bioética, Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), Líder do grupo de pesquisa CNPq “Bioética e Saúde Coletiva”, entre tantas outras funções.
O palestrante iniciou a sua explanação dizendo que “a lei e a técnica são importantes, mas a questão ambiental não terá solução sem a ética”. Ele sugeriu aos Educadores presentes que usem o conteúdo do CD da Campanha da Fraternidade em suas aulas, pois, traz informações pertinentes que devem ser trabalhadas no âmbito da educação.
     De acordo com o P. Junges, “a humanidade, durante séculos, viveu em harmonia com a natureza e nos últimos 300 anos impôs os ritmos da tecnosfera nos da biosfera. A natureza trabalha de maneira cíclica, tudo é aproveitado, mas o ritmo é lento. Nós produzimos lixo, a natureza não produz lixo. Uma folha seca não é lixo, vai se decompor e transforma-se em adubo. Nós temos uma vida retilínea, estamos aprendendo a reciclar com a natureza”.
O pesquisador afirmou que essa é a crise ecológica: “queremos uma solução técnica para não mudar a atitude das pessoas. Nós temos que encontrar uma outra maneira de lidar com a natureza, porém, de modo ético. Precisamos diminuir o consumo”. A respeito disso, passou alguns dados comparativos: “cada americano precisa de 9,6 hectares para produzir o que consome, enquanto um brasileiro precisa de 2,6 hectares”.
     Encerrando a sua palestra ponderou que “o problema ambiental está no consumo. A solução é global, por isso, a escolha do tema da Campanha da Fraternidade deste ano. Precisamos cuidar da biosfera”.

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>