AJS

Ponta Grossa – Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora – 14/07/2014 – Animação Missionária Juvenil 2014 – O que foi? O que ficou?

Ponta Grossa – Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora – 14/07/2014 – Animação Missionária Juvenil 2014 – O que foi? O que ficou?

Após uma semana de missão jovem intensa na paróquia N S Auxiliadora em Ponta Grossa/PR, um questionamento fica, junto à saudade: O que foi? O que ficou? Essa atividade missionária da Inspetoria Salesiana São Pio X movimentou toda a paróquia e chamou atenção da imprensa local, tendo maior destaque no Portal “Vox Gaudium”, no Jornal “A Boa Nova” e na Rádio Sant’Ana AM, todos da diocese de Ponta Grossa. Na rádio Sant’Ana nos foi disponibilizado 25min, onde P. Volnei e a jovem Elis Hardt puderam falar sobre a AMJ e a juventude salesiana.

O que foi a AMJ2014?

Uma semana missionária com o Lema: Santidade é Alegria, cujo objetivo foi “possibilitar ao adolescente e jovem uma experiência significativa de voluntariado juvenil” (P. Sérgio Ramos de Souza, SDB). E também “proporcionar a esse adolescente/jovem uma experiência significativa de Deus” (P. Volnei Rafael Sevenhani,SDB).

Os jovens conviveram em harmonia, colaboraram com a higiene do local e evangelizaram nas quase mil casas visitadas, atingindo muitos jovens com a Palavra de Deus e o exemplo da juventude salesiana. Mais de cem crianças reunidas em um oratório salesiano na praça do conjunto Londres (relembrando os primeiros oratórios de Dom Bosco, fundador dos Salesianos, de onde brotaram muitas vocações) e 60 jovens, das 3 casas salesianas do Paraná, evangelizando nos núcleos habitacionais mais pobres do perímetro paroquial. Muita animação, coragem, lágrimas e ensinamentos.

O que ficou?

Acreditamos que ficou “Animação dos nossos adolescentes e jovens na dimensão do voluntariado, a perceberem a importância de colocar-se a serviço dos outros e de serem protagonistas da própria história.” (P. Sérgio Ramos de Souza, SDB – coordenador da Animação Missionária da Inspetoria Salesiana São Pio X do Sul do País).

 

A equipe de comunicação coletou junto aos missionários, seus pais, jovens paroquianos e organizadores, algumas colocações sobre a Animação Missionária Juvenil (AMJ2014):

“AMJ pra mim foi um recomeço e um reencontro com Deus, foi um período de amadurecimento, onde aprendi a ser família.” Eduardo Leds – Missionário de Guarapuava/PR.

“Aprendemos muito com as histórias das pessoas visitadas e, assim, temos bagagem para continuar a missão de cada dia.” Heloisa Vittoria – Missionário de Curitiba/PR

“Foi emocionante ver a alegria de quem nos acolheu, doar uma semana para o próximo, ser missionária, semear a Palavra de Deus na vida de alguém, isso é buscar a Santidade com Alegria.” Fernanda Renata – Missionário de Guarapuava/PR

“Olhar as fotos e curtir sentindo um orgulho imenso não só do filho, mas de todos os jovens que estavam na AMJ, demonstrando seu desprendimento e seu protagonismo.” Rita Castro – mãe do jovem Eduardo Leds de Guarapuava/PR

“Essa AMJ pra mim, significou gavetas organizadas, banheiro sempre livre (risos)… Entretanto, também significou um irritante silêncio durante as refeições e um vazio sofrido de beijos de boa noite e das intermináveis conversas noturnas, reparados somente com a explosão de emoção que presenciei no último dia, na missa e nas despedidas; assim, na incontida felicidade que elas expressavam é que meu oco se preencheu…” Ana Claudia Andruchiw  – mãe de Maria Larissa Andruchiw e  Maria Rafaela Andruchiw de Ponta Grossa/PR.

“Coordenar um evento tão importante como a AMJ exige, além de muito amor, a total dedicação para que tudo saia conforme o planejado. Foram meses de preparação e formações para os missionários, pois sabíamos que seria uma das semanas mais importantes de nossas vidas… As preocupações, a correria, o cansaço, tudo desaparecia ao ouvir o depoimento de um missionário, ou simplesmente nos vários abraços apertados que recebíamos todos os dias. Saímos com a certeza do dever cumprido e cientes de que a missão não acabou, ela apenas está começando!” Angeline Kreniski – equipe de organização da AMJ2014.

“A (AMJ) para mim, que diretamente não estava envolvido, mas pude acompanhar alguns passos desses Jovens, Seminaristas e Padres missionários, serviu particularmente para meu amadurecimento, e dar testemunho do projeto construtivo de Deus sendo semeado através dessas ações missionárias.” Felipe Ranieri – paroquiano de Ponta Grossa/PR.

 

Colaborador(a): Jackson Rodrigo Eidam

Correção: Maria Cristina Piotrovski

Mais fotos, vídeos e informações paroquiais acessem: http://pgpnsa.blogspot.com

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>