Sintonia Online

Itajaí – Colégio Salesiano – 06 a 18/11 – Missas de Ação de Graças

Itajaí – Colégio Salesiano – 06 a 18/11 – Missas de Ação de Graças

Aconteceram de 06 a 18 de novembro, as Missas de Ação de Graças com os grupos do  Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio do Colégio Salesiano Itajaí. Foram 8 missas onde os comunidades de aprendizagem trouxeram as metas de grupo, símbolos e cada turma fez sua mensagem de agradecimento pela aprendizagem e por tanta coisa boa vivida neste ano  de 2014.

Aprender a celebrar, celebrar a aprendizagem e encontrar-se com a pessoa de Jesus Cristo foram os objetivos deste momento celebrativo.  Os regentes e os grupos estavam preparados e vivenciaram cada momento com intensidade e respeito.  Em nome da Comunidade Educativa Pastoral agradeço aos regentes, líderes e aos grupos de canto que colaboraram em fazer deste momento algo tão especial de encontro com Deus e com o outro, em sintonia com nosso eixo temático: “Como Dom Bosco, familiaridade com o outro e com Deus.”

A Professora Andressa Notari, regente do 2º ano A, escreveu um texto para seu grupo que resume bem o espírito das nossas celebrações, sobre a parábola da semente:

“Eis que o semeador saiu a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram. Outra caiu sobre a pedra; e, tendo crescido, secou por falta de umidade. Outra caiu no meio dos espinhos; e, estes, ao crescerem com ela, a sufocaram. Outra, afinal, caiu em boa terra; cresceu e produziu bons frutos.” (Lucas 8:5-8)

Assim como podemos levar esta parábola para o lado espiritual (onde a semente é a palavra de Deus), também podemos compreender esta parábola por um lado natural, e muito prático! Consiste apenas em compararmos a semente ao nosso conhecimento adquirido neste ano.
Imaginem o estudante que ouve a explicação, mas por distração, falta de foco, dificuldade, timidez… Não entende. Neste caso, o desânimo e a baixa estima arrancam o que foi semeado. Este é o caso da semente que caiu à beira do caminho.

Já a semente que caiu em terrreno pedregoso, podemos comparar àquele que ouve, entende e até fica animado em aprender mais… Mas como ele não tem raiz em si mesmo, não sabe exatamente o que quer e não coloca como prioridade esta etapa tão importante da vida,  a empolgação acaba logo… Quando surge alguma dificuldade, logo abandona a oportunidade de aprender.

Quanto a semente que caiu em meio aos espinhos… Este é o caso daquele aluno que ouve, mas nem chega a ssimilar nada. Está tão deslumbrado com as amizades, com as festas, a mensagem que chega a todo momento em seu celular… que acaba sufocando a semente e a torna infrutífera.
Já a semente que caiu em boa terra, esse é o caso daquele que ouve e entende… aquele que não se deixa abater com as dificuldades… o que sabe sim aproveitar a vida, mas não perde o seu foco de vista!

A semente está aí para todos! O que cada um tem feito com a sua semente? Todos neste colégio são privilegiados… O investimento feito pelos pais, o conhecimento dos professores, a escola que se preocupa com a individualidade de cada um… Tudo isso… São sementes preciosas!

Espero sinceramente que cada um possa valorizar a sua semente e não a desperdiçar… Carpe diem também significa aproveitar as oportunidades do momento!

Este é momento!

Que não sejamos como maioria que se arrepende por não ter aproveitado as oportunidades… As sementes!

“Colham enquanto podem os seus botões de rosa, porque a velhice vem voando… E esta flor hoje viçosa, amanhã estará murchando.”

Clemar Antônio Bianchi – Coordenador Pastoral

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>