Sintonia Online

Relíquias de Dom Bosco ficam permanentemente no Brasil

Relíquias de Dom Bosco ficam permanentemente no Brasil

A urna com as relíquias de Dom Bosco, que peregrinou pelos cinco continentes a fim de visitar as casas salesianas de todo o mundo, virá para o Brasil no final de 2015 e ficará exposta no Santuário Dom Bosco, em Brasília.

 

Nos últimos cinco anos, Dom Bosco, por meio da urna que contém suas relíquias, percorreu o mundo todo levando aos jovens, aos educadores e a todas as pessoas o entusiasmo pelo carisma salesiano: educar e evangelizar a juventude. Neste ano de 2015, o Brasil terá a honra de receber a urna, que ficará permanentemente no Santuário Dom Bosco, em Brasília, DF. A informação não poderia chegar em hora melhor, pois esta semana estão sendo preparados, no Brasil como em todos os países em que há presença salesiana, os festejos pelo Bicentenário do nascimento de Dom Bosco, que será celebrado em 16 de agosto.

A notícia foi comunicada oficialmente no início desta semana ao pároco do Santuário, padre Augusto Bartoli, pelo inspetor da Inspetoria São João Bosco (ISJB), padre Orestes Carlinhos Fistarol. “Somos profundamente gratos ao Reitor-mor e ao Conselho Geral por esta decisão. Estou ciente de que ela não significa um privilégio para a Inspetoria de São João Bosco, mas para o Brasil Salesiano, incluindo toda a Família Salesiana, que considera o Santuário de Brasília um ícone dos sonhos de nosso pai e mestre, que se tornaram realidade histórica na Capital Federal e em nossa Pátria. Hoje Brasília é também a sede das redes salesianas”, afirmou padre Orestes.

O motivo da escolha foi a forte ligação de Dom Bosco com a Capital federal: o Santo profetizou a fundação de Brasília e, por isso, é seu segundo Patrono. Para o inspetor da ISJB, a relíquia é um sinal visível da vida de Dom Bosco, totalmente dedicada aos jovens, e sua presença no Brasil será uma oportunidade para propagar ainda mais a devoção e a imitação ao santo. “Oxalá no futuro os que tiverem contato com a urna no santuário de Brasília possam se sentir motivados, como Dom Bosco, a trabalhar ‘com os jovens e para os jovens’”, completa padre Orestes.

“É uma grande notícia para toda a Família Salesiana no Brasil”, afirma o padre Nivaldo Luiz Pessinatti, diretor do Boletim Salesiano e da Rede Salesiana de Escolas. “Nos próximos meses haverá toda a tramitação oficial, junto ao governo brasileiro, e o Santuário Dom Bosco também se preparará para receber as relíquias”, explica padre Pessinatti. Ele ressalta que o Santuário já é um dos principais pontos turísticos de Brasília e que a construção é tombada pelo Patrimônio Histórico.

 

O que é a urna

Em 2009, ano em que se comemorou o 150º aniversário de fundação da Congregação Salesiana, teve início a peregrinação, em todos os países em que há presença salesiana, de uma urna com uma estátua de Dom Bosco e uma relíquia insigne do santo – um pedaço do braço direito.

Construída em alumínio, bronze e cristal, a urna é semelhante à original, conservada na Basílica de Maria Auxiliadora, em Turim, na Itália. A base representa uma ponte sustentada por quatro pilares sobre os quais foram gravadas as datas relacionadas ao bicentenário: 1815-2015. Os pilares laterais apresentam figuras de rostos de jovens dos cinco continentes. Nas pontas, o escudo da Congregação Salesiana e o lema carismático de Dom Bosco – Da mihi animas, caetera tolle (Dai-me almas, ficai com o resto) – completam a decoração.

 

A urna já esteve no Brasil

A urna percorreu centenas de países até este ano de 2015, preparando a celebração do Bicentenário de nascimento de São João Bosco. Como afirmou o então Reitor-mor dos Salesianos, padre Pascual Chávez Villanueva, para todos aqueles que vivem o carisma de Dom Bosco, proclamado pelo Papa João Paulo II como “Pai e Mestre da Juventude”, a visita da urna tornou-se “um acontecimento de graça e de gratidão a Deus por suscitar na Igreja e para o mundo um santo como resposta concreta aos desafios dos tempos, particularmente dos jovens mais necessitados”.

A peregrinação teve início em junho de 2009, na Itália. O trajeto das relíquias no continente Sul Americano começou no Chile, seguido pela Argentina, Uruguai e Paraguai. No Brasil, a urna visitou todas as regiões, entre 3 de novembro de 2009 e 28 de fevereiro de 2010. Em cada cidade, foi recebida com procissões, celebrações e manifestações de fé comoventes, com destaque para a grande participação juvenil em todos os eventos.

 

Dom Bosco e Brasília

Dom Bosco é, juntamente com a Virgem de Aparecida, o segundo Patrono de Brasília. O primeiro ferro e o primeiro cimento chegados ao canteiro de obras da capital, ainda em 1955, foram empregados na construção de uma ermida em homenagem ao Santo; e todos os anos, no último domingo de agosto, é feita uma caminhada ao local.

Isso porque um dos mais famosos sonhos proféticos de Dom Bosco foi com a construção de Brasília. Em 1883, pouco mais de um mês após a chegada dos primeiros salesianos ao Brasil, Dom Bosco sonhou que sobrevoava uma região que ia da Cordilheira dos Andes até o Oceano Atlântico: era a vastidão da missão salesiana na América. Entre os paralelos 15 e 20, quando avistava uma enseada bastante longa e larga, ele ouviu uma voz dizer, repetidamente: “Quando se vier a cavar as minas escondidas no meio destes montes, aparecerá aqui a terra prometida que vai jorrar leite e mel. Será uma riqueza inconcebível”. Foi nesta região que Brasília foi construída e inaugurada, em 1960.

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>