Sintonia Online

Curitiba – Paróquia São Cristóvão – 10/04/16 – Celebração do Sacramento da Primeira Eucaristia

Curitiba – Paróquia São Cristóvão – 10/04/16 – Celebração do Sacramento da Primeira Eucaristia

No último dia 10, estivemos em festa na nossa comunidade. Foi o dia no qual 46 crianças e 1 jovem receberam pela primeira vez a Santa Eucaristia.

Com muita alegria, a nossa Paróquia celebrou este grande e importante Sacramento da Igreja. Os rituais são sempre muito importante para qualquer pessoa. Ele marca uma passagem do antes e do depois, e nos torna conscientes de que haverá uma mudança a partir do rito: Na Eucaristia, a natureza do pão se transforma na natureza do Corpo de Cristo. Tivemos ainda a imensa felicidade de contar com a presença ilustre do Padre Natale Vitali, conselheiro regional da América Cone Sul da Congregação Salesiana e representante do reitor-mor, Padre Ángel Fernandez Artime, que presidiu a celebração.

Depois deste dia, as crianças passam a experimentar o sacramento do amor, quando Jesus se dá em alimento. Foi o meio que Ele achou para estar sempre presente no meio de nós. Jesus quis ficar conosco para sempre, pela Eucaristia. A Primeira Eucaristia não é um ponto final; não significa que os adolescentes e jovens estejam espiritualmente formados, mas sim,  que estão prontos para uma nova etapa; pois a Igreja afirma que a Eucaristia é um Sacramento de força; que é um remédio e sustento pra nossa  longa caminhada de cada dia.

Conscientes de tudo isso, os catequizandos estavam desejosos por receber sua primeira Eucaristia. Houve uma boa preparação ao longo de um pouco mais de três anos, sendo ainda intensificada nos últimos dois meses, quando se aprofundaram  e meditaram sobre os pilares da fé, a Eucaristia, o pecado. No retiro também foram abordados os temas( não menos importantes,  em forma de oficina) sobre o Pecado, a Misericórdia de Deus, a importância do Servir e Maria, mãe de Jesus. Ainda no retiro, tiveram a graça de fazerem  uma boa confissão, para assim, receberem o Senhor Jesus no domingo.

Cada catequista partilhou seu serviço com muito amor e dedicação. Quer na organização das vestimentas, na preparação da liturgia, na escolha das músicas, dos ensaios, da decoração da Igreja, ambientação e refeições do retiro, logística, etc. Ao final, o cansaço das catequistas deu lugar à satisfação de ver o contentamento e a felicidade das crianças e a sensação do dever cumprido .  Mas a melhor compensação foi escutar de algumas crianças o desejo de receber novamente a comunhão e que se sentiram diferentes e importantes após recebê-la.

Texto: Maristela Franco

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>