Sintonia Online

Guaíba – Paróquia Nossa Senhora de Fátima – 22 – 28/07/2018 – AMJ-RS 2018

Guaíba – Paróquia Nossa Senhora de Fátima – 22 – 28/07/2018 – AMJ-RS 2018

No dia 22 de julho de 2018 teve início a Animação Missionária Juvenil do Rio Grande do Sul em Guaíba. A paróquia que acolheu o projeto foi a Nossa Senhora de Fatima, da qual é pároco o padre Carlos José Freeburg da Arquidiocese de Porto Alegre, e a comunidade da paróquia para onde se direcionaram os trabalhos de visitação e oratórios festivos foi a São Francisco de Assis. Nesta mesma paróquia o padre Marcos Sandrini presta auxílio pastoral aos finais de semana, vínculo pelo qual foi possível a realização da AMJ nesta comunidade de fé que acolheu prontamente a proposta desde o início dos contatos.

O grupo de missionários foi gentil e generosamente acolhido nas dependências do PROJARI, obra social das Irmãs de São José de Chamberry que abriram as portas e o coração para dar abrigo e segurança ao grupo. A disponibilidade e carinho com que as irmãs disponibilizaram toda a infraestrutura da obra para a utilização dos adolescentes e jovens missionários foi também testemunho de partilha e compaixão pela qual todo o grupo manifestou profunda gratidão.

O mesmo sentimento de profundo agradecimento se demonstrou ao povo da comunidade, em especial às lideranças que não mediram esforços na arrecadação e preparação carinhosa de toda a alimentação da semana. Primeiro testemunho de evangelização foi o que o grupo recebeu da comunidade!

A missa de abertura, no dia 22, foi presidida pelo padre Marcos Sandrini que destacava aos missionários, correlacionando à liturgia do domingo que se reportava à figura do Cristo Bom Pastor, que toda pessoa que atende ao chamado de ir em missão é pastor que precisa sempre olhar para Jesus como modelo, inspiração e razão; mas continua a ser ovelha, devendo sempre confiar que segue conduzido carinhosamente pelo Senhor. Ele ainda ressaltava que o missionário nunca leva Deus a alguém, pelo contrário, encontra Deus que já o “primeireia” no campo de missão.

Com esta motivação, o grupo de 53 missionários, entre adolescentes e assessores religiosos e leigos, iniciou a missão. Pela manhã, como costumeiramente acontece na AMJ, os adolescentes vivenciavam os momentos de oração e formação, tendo sempre como motivação da manhã a Palavra de Deus a ser compartilhada nas casas, bem como a figura de um santo ou beato da Família Salesiana, de modo que se possibilitasse ao grupo conhecer melhor a Família da qual fazem parte. À tarde, o grupo se dividia em duplas ou trios e, guiados pelos assessores adultos, espalhavam-se pela comunidade para realizar as visitas às famílias.

Na tarde da quarta-feira, devido ao tempo excessivamente chuvoso, não foi possível realizar as visitas, então, foi realizado o “VocShow”, um momento descontraído, mas muito valoroso em que os padres, irmãos e irmãs consagradas ficaram à disposição para responder perguntas sobre o processo vocacional e projeto de vida, momento que sempre causa grande curiosidade e interesse em cada um deles.

Todas as noites no próprio alojamento, ou na comunidade São Francisco o grupo celebrou a Eucaristia antes do jantar, culminando o dia de trabalho entregando no altar do Senhor suas orações e vivências.

O dia de missão era encerrado com a partilha das experiências vividas e o momento individual de registro no diário. Momento oportuno para que os assessores adultos ajudassem o grupo a refletir e ressignificar o que foi experimentado e sentido ao longo do dia.

Certamente, a AMJ RS 2018 foi uma forte e serena experiência de encontro com Deus e com os irmãos e irmãs. A semana culminou um processo bem feito de preparação e formação anterior em cada presença salesiana, dando novas perspectivas de desenvolvimento de lideranças e o despertar de diversas vocações para os vários grupos da Família Salesiana, conforme se dê continuidade a este caminho. Foi também uma experiência de partilha e comunhão enquanto Igreja, visto que envolveu, além dos Salesianos e das Filhas de Maria Auxiliadora, as irmãs Apóstolas da Sagrada Família, as Irmãs de São José e uma paróquia do clero secular da Arquidiocese.

A AMJ RS, terminou no dia 28 de julho, com a celebração eucarística na comunidade São Francisco presidida pelo pároco. Após a celebração, a comunidade, as famílias dos missionários de Porto Alegre que estavam presentes e o grupo foram convidados a compartilhar um lanche no salão da comunidade.

Galeria de Imagens
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>