Primeira Etapa da Escola de Acompanhamento é ministrada em Joinville

Nos dias 11/03 e 12/03 aconteceu no Centro Educacional Dom Bosco (CEDB) a primeira etapa da Escola de Acompanhadores proposta pela Inspetoria Salesiana São Pio X apresentada pelo Assessor Pastoral Inspetorial Luiz Felipe Salgado (Teco).

Os educadores da Obra Social partilharam momentos de conhecimento e dinâmicas que ajudaram a compreender melhor os jovens e os ambientes sociais e digitais em que estão inseridos nos dias de hoje.

O assessor do curso nos apresentou reflexões abordando alguns aspectos fundamentais para a compreensão do mundo juvenil, das realidades existentes, e das juventudes presentes, assim tendo uma excelente introdução à Antropologia Juvenil.

Leia também:
Curitiba recebe a Escola de Acompanhamento
Primeira etapa da Escola de Acompanhamento é realizada no Instituto Dom Bosco

Entre dinâmicas e orações pudemos estudar a concepção antropológica, procurando ampliar a visão ou os conceitos em relação ao mundo no qual estamos inseridos e que muitas vezes nos desafia, provoca, incomoda e nos deixa com aquela sensação de não ter “feito um bom trabalho” como educador.

O objetivo principal dessa escola foi propor uma reflexão ampla das realidades juvenis existentes, tendo sempre em primeiro plano o que Dom Bosco falava: “Em todo jovem, mesmo no mais rebelde, há um ponto acessível ao bem e a primeira obrigação do educador é buscar essa corda sensível do coração, e tirar bom proveito”, ou seja fazer a corda soar, e com isso compor uma bela canção.

Concluímos essa primeira etapa da escola de acompanhamento analisando que os jovens são uma força significativa, transformadora e renovada, tanto para a sociedade como para a igreja.

A juventude é uma etapa bem específica na vida, que acontece mediante processos de desenvolvimento, inserção social e definição de identidade, e que exige experimentação intensa de diversas áreas, desenvolvendo-se em múltiplas dimensões, com a necessidade e demanda que exige uma estrutura social adequada para o desenvolvimento da sua formação integral.